Projeto da Samp oferece tratamento de feridas

Ação começou há cinco meses nos PAs da operadora na Grande Vitória

Em uma ação voltada principalmente para pacientes com úlcera venosa (feridas que não cicatrizam, causadas pela má circulação) e lesão de pé diabético, a Samp criou mais um projeto de Medicina Preventiva (MedPrev). É o tratamento de feridas, que está inserido no Programa de Gerenciamento de Carteira de Risco, no qual são avaliados pacientes crônicos essas complicações. O serviço, realizado nos prontos-atendimentos da Samp de Vitória, Cariacica e Serra, começou há cinco meses e já tem dado resultados positivos. “A área de Medicina Preventiva teve o direcionamento de adotar uma rotina de avaliação, dando orientação e estabelecendo cuidado. Alguns seguem a rotina de curativos dentro dos PAs”, explicou a enfermeira Luciana Costa Broetto. Uma vez por semana, ela faz uma análise da ferida e fornece a orientação sobre a troca do curativo, que pode ser feita por enfermeiras ou técnicos.

Para quem tem com problemas de locomoção, que não podem ir até os PAs da Samp, é realizada uma consulta domiciliar. “Sigo a prescrição do curativo, de uma forma que a pessoa compreenda. Essa avaliação também é semanal e direcionada a aqueles que não podem ir sempre ao PA, por um quadro mais grave, ou pela falta de recursos ou idade”, informou a profissional.

Atualmente, oito pacientes estão sendo acompanhados pelo programa. São pessoas que já tentaram outras medidas, mas não apresentaram melhora do quadro. Além de enfermeira  e dois técnicos, uma assistente social participam da equipe. Pacientes com o perfil do tratamento são selecionados e encaminhados pela auditoria da Samp e passam a receber os cuidados da equipe.

Para a enfermeira Luciana Broetto, a ação vem apresentando bons frutos. “O estímulo não é notado apenas no acompanhamento da lesão, o psicológico dos pacientes também evolui muito. Tínhamos quadro de pacientes deprimidos e que hoje nos recebem de forma totalmente diferente. Há aqueles que evoluíram muito com um mês de atendimento e já estão para receber alta. É algo que muda até a forma com que algumas pessoas enxergam a operadora. Elas notam que o retorno do investimento é altamente compensador. Esse cuidado com o paciente é muito importante e mostra o nosso compromisso com a sua qualidade de vida”, enfatizou a enfermeira.

Além do tratamento de feridas, o setor de Medicina Preventiva da Samp conta com o programa Viva Mais, (que faz acompanhamento de doenças crônicas, como hipertensão e diabetes); o programa Gravidez Saudável, criado para orientar e auxiliar as gestantes; e está iniciando o Programa Peso Saudável, focado no acompanhamento da obesidade, ressalta a coordenadora da Medicina Preventiva, Amanda Bernardino.

 

Esportes de aventura

Cuide da saúde entrando em contato com a natureza   A vida urbana trouxe uma série de comodidades, mas a parte ruim dessa história é que todo…

leia mais